Banda larga pode ficar mais barata com o satélite SGDC


As mais influentes empresas de telecomunicação do Brasil, Vivo, Oi, TIM e Claro, devem baixar em até 10 vezes o valor da internet banda larga com a utilização do Satélite Geoestacionário Brasileiro, SGDC.

Aconteceu em julho a primeira apresentação do leilão do SGDC em um evento da Telebrás, na cidade de São Paulo. Participaram deste evento os executivos das empresas Vivo, TIM, Oi e Claro e, também, os representantes das empresas de satélite, Yahsat, SES, Hughes e Inmarsat.

Este satélite, além de baixar os custos da internet banda larga, permitirá que as empresas tenham mais clientes e mais lucro, já que a internet terá um maior alcance, chegando até as áreas rurais. A instalação da infra-estrutura para receber esta tecnologia já começou e foram instaladas duas antenas, uma no Rio de Janeiro, que começou a operar em agosto, e outra em Brasília, que iniciou a operação em setembro. Estas duas antenas foram compradas junto com o satélite.

A partir do mês de outubro serão instaladas novas antenas vindas da China, a cidade de Salvador receberá a sua em outubro, no mês de novembro será instalada em Florianópolis e, até o fim do ano, Campo Grande também receberá a instalação da antena.



COMPARTILHAR