Brasil continuará tendo internet com baixa velocidade até 2022


Segundo cálculos da Cisco, até o ano de 2022, o Brasil continuará tendo internet com baixa velocidade. Este resultado foi divulgado através do Virtual Networking Index, VNI, da Cisco.

No dia 7 de dezembro a Cisco divulgou o VNI, o qual analisa e faz várias projeções sobre demandas de internet e desempenho e tendências de redes de telecomunicações. Todas as projeções foram feitas com base até o ano de 2022. A Ericsson faz uma pesquisa parecida e, em seu último estudo divulgado, a previsão é que, até 2024, 40% de todos os habitantes do mundo estejam utilizando a rede de internet 5G.

De acordo com o estudo da Cisco os serviços brasileiros relacionados à velocidade de internet ainda são muito precários, o mesmo ocorre com toda a América Latina. Prova disso é que a internet latina está em terceiro lugar no ranking das piores velocidades de internet do mundo, fato que, segundo o estudo, continuará como realidade até o ano de 2022.

A média global de velocidade de internet estará, até os próximos 5 anos, em 75,4 Mbps, enquanto a internet latina manterá uma média de 28 Mbps. Sendo que o Chile conseguirá uma velocidade de internet superior e parecida com a média global, chegando à 70 Mbps, até 2022.



COMPARTILHAR