No último ano a telefonia fixa teve queda de mais de 1 milhão de linhas


De acordo com informações divulgadas no dia 10 de agosto, pela Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações, a quantidade de usuários de telefones fixos no país está diminuindo cada vez mais.

Segundo os dados da Agência, nos últimos 12 meses o Brasil teve uma perda de 1140369 linhas na telefonia fixa. Se comparado a outra pesquisa realizada pela Anatel sobre o mês de abril de 2018, a queda das linhas fixas foi de 0,24%. Porém, mesmo com esta baixa, ainda são mais de 40 milhões de usuários da telefonia fixa no país.

Quem tem a maioria dos clientes na telefonia fixa é a empresa Claro, com 62,41%, seguido pela Vivo, com 27,93% e pela Tim, com 4,51%. Estas empresas autorizadas possuem 17.140.584 de todas as linhas fixas do Brasil, enquanto as concessionárias tem 23.084.093 linhas. Sendo a Oi a empresa que está em primeira colocação no ranking, com 55,72% dos clientes, em segundo lugar está a Telefônica, com 40,30% e, em terceiro, a Algar, com 3,26% dos usuários.

Quanto aos Estados, São Paulo perdeu a maior quantidade de usuários da telefonia fixa, com menos 28.714 linhas, seguido pelo Rio de Janeiro, com menos 24.770, e por Minas Gerais, que teve uma queda de 11.647 linhas telefônicas.



COMPARTILHAR