Operadora TIM estudará sobre interferência entre sinal de celular e antena de TV


Com as novas tecnologias que estão chegando ao Brasil, como, por exemplo, o lançamento da internet 5G, a operadora de telefonia TIM resolveu estudar e testar se o sinal de celular afeta a TV via satélite, os testes tem previsão de início ainda neste mês, em outubro.

A TIM fará este estudo para se preparar para o futuro, a operadora já oferece sinal 4G para 1800 cidades e os testes são para ver se o sinal do celular causa interferências na faixa de 3,5 GHz da antena destinada a TV via satélite, ou seja, se a tecnologia do celular afeta a tecnologia da televisão. A previsão para a chegada da 5G é, somente, para o ano de 2022, mas até este ano, a TIM pretende estudar e explorar esta nova tecnologia, utilizando a 4G.

A faixa de 3,4 GHz a 3,6 GHz, provavelmente, será destinada á telefonia móvel e para a 5G, porém, no Brasil, ela já é ocupada pelas antenas parabólicas, que são, aproximadamente, 20 milhões no país. Segundo a Anatel, os dois tipos de sistema não atrapalharão um ao outro e, uma das alternativas para utilizá-las, é diminuir a potência de alguns transmissores. Por isso, a Anatel pesquisa e estuda utilizar a faixa de 3,5 GHz e outras mais altas para destinar à 5G.



COMPARTILHAR