Operadoras já podem utilizar tecnologia 4G via satélite nas escolas rurais


A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) permitiu que as operadoras façam uso da tecnologia 4G via satélite para atender as escolas rurais do país.

No dia 23 de maio, última quinta-feira, foi anunciado que a Anatel liberou as principais empresas brasileiras de telefonia para usarem o satélite, com o objetivo de transmitir o sinal da tecnologia 4G nas escolas rurais. Assim, não será mais necessário que as operadoras tentem usar a faixa 450 Mhz, a qual voltará a pertencer a agência.

Esta liberação ocorreu depois de perceberem que, utilizando este meio de transmissão de sinal, o meio rural sofreria uma falta de inovação do serviço e da tecnologia que são usadas desta forma, já que a cobertura consegue ser muito maior quando é utilizado o satélite. Assim, com a liberação do satélite, a tecnologia 4G poderá chegar a uma área de 340 mil metros quadrados, o que significa alcançar mais de 12 mil escolas rurais, as quais precisam manter comunicação com outras regiões.

Agora, as operadoras deverão se adequar aos novos padrões impostos pela Anatel, que são: a Tim deverá oferecer conexão com velocidade de 9,76 Mbps e franquia mensal de 45 GB; a Claro deverá oferecer conexão com velocidade de 3,62 Mbps e franquia mensal de 31 GB; a Vivo deverá oferecer conexão com velocidade de 6,40 Mbps e franquia mensal de 38 GB; e a Oi deverá oferecer conexão com velocidade de 2,61 Mbps e franquia mensal de 51 GB.



COMPARTILHAR