Plano que disponibiliza internet em áreas sem cobertura é aprovado pela Anatel


Um plano que disponibiliza internet rápida para 15 milhões de pessoas que não possuem cobertura do serviço foi aprovado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) na última quinta-feira, dia 13 de junho.

No dia 13 de junho de 2019, a Anatel aprovou o Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações, o qual tem a pretensão de levar internet à lugares que não possuem a estrutura devida para atender as pessoas que desejam acessar internet rápida. Para isso, serão verificadas as localidades e os tipos de redes de telecomunicação dos lugares, o que permitirá descobrir problemas e criar alternativas regulatórias e legais para serem utilizadas, com o objetivo de conseguir o dinheiro necessário para a infraestrutura que leva internet aos locais.

Este projeto é necessário para que o país avance na infraestrutura do setor de telecomunicações e mantenha a competitividade da área para, assim, atrair novos investimentos. No Brasil, ainda há muitas cidades sem rede de transporte de fibra, as quais possuem acesso, apenas, à internet de baixa velocidade.

Os projetos inclusos no Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações são: expandir a cobertura de celular 3G e 4G; oferecer tecnologia 3D ou superior nos distritos não-sede; oferecer tecnologia 4G para todas as sedes municipais; oferecer cobertura móvel da rede 3G ou superior em estradas e áreas rurais; construir rede de fibra óptica de transporte nos locais que tiverem viabilidade econômica e técnica; instalar a rede cabeada de alta capacidade nas cidades que possuem rede de transporte avançada; e implantar a rede de comunicação para serviços públicos.



COMPARTILHAR