Realidade virtual é um recurso desejado para os smartphones


Foi realizada uma pesquisa com 29 mil pessoas de todo o mundo pela Qualcomm que revelou, com os dois mil brasileiros entrevistados, que uma em cada quatro pessoas no Brasil, ou seja, 25% dos consumidores brasileiros, desejam que o próximo smartphone que adquirirem ofereça a tecnologia da realidade virtual.

As empresas que fabricam estes modelos de celulares estão sempre investindo mais na realidade virtual e, muitas opções, já tem seu próprio dispositivo VR que mostra conteúdos com uma imersão bem acima do tradicional e, os aparelhos que não possuem esta opção, podem ser utilizados com alguns tipos de óculos VR e Cardboard. Segundo o estudo realizado, o Brasil é um dos países em que os consumidores mais acham que um aparelho ter a realidade virtual ajuda na escolha da próxima compra, porém, a Ásia está na frente, com 26% da população que acha essa tecnologia relevante para a hora de comprar um smartphone novo.

No mundo, a média é de 21% dos consumidores, ou seja, uma em cada cinco pessoas, que tem preferência pela realidade virtual no smartphone. Os menos interessados são os habitantes da Europa Ocidental, Oriente Médio, África e América do Norte. No entanto, no momento de adquirir um novo aparelho há outros fatores determinantes e considerados mais importantes, como a duração da bateria, com 89% dos votos dos consumidores, a qualidade da câmera fotográfica, com 84%, o design do aparelho, com 81%, a tela, com 79% dos votos, a conectividade, 79%, a memória interna, com 78%, o áudio, com 76% de preferência, a segurança, 70%, o sistema operacional e o processador, 69%, e os sensores, com 53% dos votos dos consumidores.



COMPARTILHAR